Djokovic pode ser detido na Austrália por mentir em formulário de entrada no país

Djokovic pode ser detido na Austrália por mentir em formulário de entrada no país

Janeiro 12, 2022 Não Por JB

Governo descobriu que tenista não foi verdadeiro em documentos; pena é de até 12 meses de prisão e multa de mais de R$ 25 mil

EFE/EPA/RUNGROJ YONGRITDjokovic passa por série de transtornos na Austrália antes do Australian Open

O caso de Novak Djokovic na Austrália ainda deve render muito. Nesta terça-feira, 11, novas acusações contra o tenista surgiram após suspeitas de adulteração em formulário de entrada no país. Segundo a mídia internacional, Djokovic disse em documento que não passou por nenhum outro país nos 15 dias antes de entrar na Austrália. Porém, postagens de fãs em redes sociais colocam o tenista na Sérvia e na Espanha duas semanas antes de sua entrada no país da Oceania para disputar o Australian Open. Fornecer informações falsas ou enganosas em formulário é uma ofensa grave que rende pena máxima de 12 meses de prisão, multa de 6.600 dólares australianos (R$ 26,5 mil) e cancelamento de visto. Na segunda-feira, 10, a Justiça da Austrália revogou a decisão de cancelamento do visto do tenista depois que ele foi barrado no aeroporto de Melbourne por entrar no país sem ser vacinado. Os advogados de Djokovic informaram que o formulário foi preenchido pelo agente do atleta.